Janaina Pereira

outubro 28, 2008

Um por todos e todos por um

Filed under: Economia — janapereira @ 12:35 pm

Pioneiro do setor, o Pólo de Cosméticos de Diadema é um exemplo de gestão para as pequenas empresas.

Janaina Pereira, revista Meu Próprio Negócio, edição 54 – junho / 2007

Elas se uniram em busca do mesmo ideal: conquistar mais espaço para seus negócios. Para as micro e pequenas empresas da área de cosméticos localizadas em Diadema, a descoberta de que unidas podiam fazer a diferença foi o ponto de partida para a consolidação do Pólo de Cosméticos da cidade. Tudo começou com uma iniciativa da Prefeitura Municipal, que através de uma pesquisa detectou que Diadema tinha uma grande concentração de empresas do setor de cosméticos. O projeto da Prefeitura previa a criação de um modelo de ação institucional, contando com empresários, setor público e o apoio de entidades institucionais, e fazia parte de um conjunto de ações organizadas para melhorar a imagem do município.

Assim nasceu o Pólo de Cosméticos de Diadema, uma associação empresarial sem fins lucrativos que age para melhorar a competitividade de seus membros e funciona como uma cadeia produtiva, ou seja, participam do Pólo as empresas integrantes de todo o processo produtivo, desde a extração da matéria-prima até a comercialização do produto final ao consumidor. É um APL (Arranjo Produtivo Local), denominação dada a agrupamentos de empresas que existem num determinado local e que colaboram entre si.

No início, em 2002, cerca de 15 empresas participavam do projeto, e hoje já são 68 associadas. O presidente do Pólo de Cosméticos e executivo da IBA Aerosóis, Renê Lopes, diz que as empresas da cidade mudaram o pensamento graças a essa iniciativa. “As empresas saíram da informalidade. Este setor é complexo e mesmo aquelas que tinham a documentação, enfrentavam problemas com a vigilância sanitária. Houve uma mudança de consciência. O Pólo é uma associação parecida com as outras mas é fomentadora de negócios. Não há inimigos nem concorrentes, somos todos parceiros. Nesta área há grandes empresas com marcas fortes, por isso precisamos de organização para as pequenas não sumirem. O segredo é estar junto para trocar experiências e gerar novos negócios.”

Lopes comenta que em 2006 o Pólo de Cosméticos foi responsável por cerca de 7% dos U$ 19 bilhões faturados pelo setor no Brasil. Além disso, o Pólo representa hoje 10% das mais de mil empresas de cosméticos do país, e arrecada 6% dos impostos de Diadema. Tudo isso partindo de uma atitude pioneira. “ Foi a primeira iniciativa no Brasil. Hoje existem Pólos de Cosméticos no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Pernambuco e Bahia. Recentemente foi criado o Pólo de Ribeirão Preto, com sede em Jardinópolis. Não temos estratégia de marketing definida, mas extrapolamos fronteiras e somos vistos como modelo de arranjo produtivo. Fazemos parte do cotidiano de Diadema e criamos nossa imagem com uma propaganda boca-a-boca.”

Segundo Lopes, o ramo de cosméticos vem crescendo nos últimos dez anos e o Brasil ainda tem espaço nesta área. E ele, que entrou no Pólo como executivo de uma grande empresa, continua apostando neste segmento: hoje é associado a IBA Aerosóis, uma empresa que fabrica aerosóis e também faz parte do Pólo. “Cosmético deixou de ser um artigo de higiene para ser um artigo de vida, ligado ao bem-estar. O perfil do consumidor mudou: antes era exclusivamente feminino e hoje há mercado forte entre homens e crianças. O homem assumiu sua vaidade, participa mais das tarefas domésticas e tem contato maior com esses produtos”, analisa.

Novas perspectivas

O empresário André Aboim Inglês, da Grasse Fragâncias, participa do Pólo de Cosméticos de Diadema desde o início, há cinco anos. Para ele, ser integrante do Pólo ajuda a divulgar a empresa. “Atuamos num mercado restrito, que é a venda de essência. Já tínhamos um departamento de marketing próprio, que fazia diversas ações, mas faltava verba. Com o Pólo temos divulgação na mídia e podemos participar de feiras internacionais. Estamos presentes, anualmente, em duas grandes feiras, e isso é importante para os negócios”, comenta Inglês.

A participação em feiras é um dos pontos altos do Pólo de Cosméticos. E foi justamente numa feira que o empresário Milton Almeida Marques, da Toirê, especializada em produtos de higiene pessoal, conheceu o trabalho do Pólo. “Achei interessante e pensei: ‘na próxima feira eu vou participar’. Somos associados há quatro anos, e nossa empresa já esteve em feiras internacionais em San Diego, Bolonha e Porto. Além disso, participamos de rodadas de negócios em outros estados. Esse é um grande diferencial do Pólo: dar a chance de micro e pequenas empresas estarem presentes nestes eventos.” O resultado da participação da Toirê no Pólo de Cosméticos de Diadema está refletido nos negócios: segundo Marques , a empresa cresceu 30% desde que entrou no Pólo.

Mudanças positivas

A empresária Aparecida Branco Rondelli, da Grand Pack Embalagens, é prestadora de serviços para a indústria de cosméticos e mudou a sede da sua empresa para Diadema há três anos, por causa do Pólo. “Tínhamos clientes em Diadema e queríamos ficar mais perto do Pólo. Encontramos receptividade, e hoje temos um retorno grande. Participamos de feiras, temos contatos com empresas que nem conhecíamos e fazemos negócios em lugares que nunca imaginamos.”

Enquanto uns empresários buscam novos negócios no Pólo de Cosméticos de Diadema, outros são convidados a participar dele. Foi o caso de Janete Paulino da Mota, da Di Larouffe, marca de cosméticos que trabalha com venda direta, há 14 anos no mercado, e participante do Pólo há três. “Fomos convidados a participar e tem sido uma boa experiência. Fechamos muitas parcerias, trabalhamos em conjunto em diversas ações e, principalmente, aperfeiçoamos a gestão, pois ganhamos mais experiência com o contato com outros empresários”, comenta Janete, acrescentando que a participação em palestras e cursos também ajuda na gestão dos negócios.

Case de sucesso

O Pólo de Cosméticos de Diadema conta com a parceira de várias entidades da região. Desde o embrião do projeto, o Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) local, entidade privada que só em Diadema conta com a participação de mais de 400 indústrias, apóia o Pólo fornecendo estrutura para cursos e treinamentos, auxiliando a gestão e dando sustentação para a realização de outras atividades. O gerente regional do Ciesp Diadema, Dario Sanchez, diz que o papel institucional do Pólo de Cosméticos é importante. “Diadema é uma cidade violenta e difícil. O Pólo conseguiu aumentar a auto-estima da região, ajudando a manter a cidade na mídia e aumentando a circulação de negócios. É um case de sucesso.”

Para o presidente da ACE Diadema (Associação Comunicação e Empresarial), Odair Paulino, com a dimensão nacional e internacional que o Pólo de Cosméticos ganhou, Diadema atrai hoje um número significativo de empresas do segmento. “Posso afirmar que melhorou não só o comércio de cosméticos, mas também as exportações do segmento, os serviços de beleza e a cadeia produtiva como um todo. O Pólo trouxe, inclusive, fornecedores de máquinas, matéria-prima, embalagens, serviços e profissionais da área. Hoje, todos ganham com esta importante APL.”

O Pólo de Cosméticos de Diadema é um exemplo de como a união dá certo. E no caso das micro e pequenas empresas, essa união pode ser fundamental.

Quanto investir?

Confira os valores estimados para quem vai abrir um negócio na área de cosméticos. Os dados foram indicados pelos entrevistados desta matéria, com base na experiência e na estrutura de cada um.

Aerosóis

Investimento: R$500 mil

Tempo estimado de retorno: 48 meses

Lucro: de R$ 22,5 mil

Embalagens

Investimento: R$1 milhão

Tempo estimado de retorno: 60 a 72 meses

Lucro: de R$ 50 a 100 mil

Essências

Investimento: R$200 mil

Tempo estimado de retorno: 24 meses

Lucro: de R$ 10 a 12 mil

Higiene pessoal

Investimento: R$200 mil

Tempo estimado de retorno: 60 meses

Lucro: R$10 mil

Representação de marca de cosméticos com venda direta

Investimento: R$35 mil

Tempo estimado de retorno: 12 a 18 meses

Lucro: de R$20 a 24 mil

Colaboraram

ACE Diadema, www.acediadema.org.br, (11) 4056-4844; Ciesp Diadema, www.ciespdiadema.com.br, (11) 4056.4844;Di Larouffe, www.dilarouffe.com.br, (11) 4345-1880;Grand Pack Embalagens, www.grandpack.com.br, (11) 4053-2143;Grasse Fragâncias, www.grasse.com.br, (11) 4091-3030

IBA Aerosóis, www.iba.ind.br, (11) 4092-4092;Pólo de Cosméticos de Diadema, www.polodecosmeticos.com.br, (11) 4051-3473;Toirê, www.toire.com.br, (11) 4055-4198

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: